Mulher ao lado da médica marcando exame de ultrassom transvaginal | Qual a importância do ultrassom transvaginal?

Qual a importância do ultrassom transvaginal?

 - (0) comentários

Manter a saúde íntima em dia significa ter um organismo mais saudável. Para isso, é necessário manter os exames periódicos em dia, e o ultrassom transvaginal é um dos exames mais importantes para identificar problemas precocemente.

A importância da ultrassonografia transvaginal é a prevenção, que consiste em um exame de imagem que permite a análise das estruturas de todo o aparelho reprodutor feminino( vagina, útero, ovários e trompas), de maneira mais precisa.

O exame transvaginal viabiliza o diagnóstico das principais doenças ginecológicas e intercorrências obstétricas no primeiro trimestre de gestação. Também denominado de ultrassonografia endovaginal,é classificado como não invasivo.

Como é realizado o exame Transvaginal?

É realizado com a paciente deitada na maca em posição ginecológica, com as pernas pouco abertas e flexionadas sobre um apoio. O especialista vai inserir uma sonda, revestida por um preservativo e gel lubrificante na vagina da paciente. Através dessa sonda, que emite ondas de som, o especialista capta as imagens do aparelho reprodutor feminino, que foram convertidas por um computador a partir das ondas emitidas.

O laudo é transmitido simultaneamente com as imagens ecográficas impressas, que serão interpretadas pelo médico que solicitou o exame.

O exame transvaginal pode ser um tanto incômodo, contudo, não dói e é bem rápido.

Quando é indicado o ultrassom transvaginal?

A ultrassonografia transvaginal é exigida pelo médico ginecologista ou obstetra para diagnosticar determinadas doenças que acometem a região pélvica feminina, tais como:

  • Sangramento vaginal anormal
  • Irregularidade do ciclo menstrual
  • Suspeita de gestação ectópica
  • Dor pélvica crônica
  • Cistos ovarianos
  • Miomas uterinos
  • Endometriose
  • Infertilidade feminina

A ultrassonografia transvaginal pode ser feita quando a paciente é virgem?

O exame em questão é contraindicado nos casos em que a mulher seja virgem. Nessa situação, a paciente deverá informar ao médico, que solicitará o ultrassom abdominal.

Qual a diferença entre o preventivo e a ultrassonografia transvaginal?

Os dois exames são importantes e complementares, entretanto possuem finalidades distintas .

O preventivo é feito com o objetivo de detectar alterações nas células presentes no colo do útero. O exame identifica lesões precocemente ou doenças como o câncer do colo de útero. Esse procedimento é realizado com a raspagem superficial das secreções vaginais e também do colo do útero. Todo material coletado é depositado em uma lâmina e enviado para análise.

Já a ultrassonografia transvaginal auxilia na avaliação dos órgãos e estruturas pélvicas da mulher, como o endométrio, os ovários, as trompas uterinas, o e outros. Mediante a análise feita por esse exame de imagem, é possível verificar possíveis alterações nessa região.

Desse modo, pode-se identificar as diferenças entre os dois exames e suas importâncias. O resultado de ambos os exames auxilia na decisão clínica mais acertada para o caso de cada paciente.

Você deve realizar a ultrassonografia transvaginal em um local que ofereça qualidade e confiança, com profissionais capacitados e um atendimento que tire todas suas as dúvidas. Para isso, A BAZA, clínica de exames de imagem no Rio de Janeiro, é o local ideal para você realizar seu exame, pois contamos com profissionais capacitados e o que há de mais moderno em equipamentos de ultrassom. Agende seu exame conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *